A atualidade do Fórum Social Mundial

“Mesmo com todos os seus limites e dilemas, “não existe alternativa ao Fórum Social Mundial”, declarava em 2013 o sociólogo norte-americano Immanuel Wallerstein. A questão é agora saber se o FSM será capaz de traçar uma estratégia articulada de superação do capitalismo e trazer respostas viáveis à crise civilizatória pela qual passa a humanidade”

Leia artigo de Damien Hazerd, da direção executiva da Abong, e Mauri Cruz, da Abong-RS no Le Monde Diplomatique Brasil, MARÇO 2015: Pág 36 A atualidade do Fórum Social Mundial
Fonte: Brasil no FSM 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 2 =