Seminário Nacional reunirá movimentos sociais para construção de estratégias e agendas comuns frente à crise

Faz parte da programação a Aula Pública “Convergências e controvérsias sobre a construção de uma plataforma das alternativas ao modelo de desenvolvimento brasileiro”, na quinta-feira (17)

Acontece nesta semana, a partir da próxima quarta-feira (16), o Seminário Nacional “A Agenda das Resistências e as Alternativas para o Brasil: Um olhar desde a sociedade civil”. A iniciativa vai reunir representantes de organizações, movimentos sociais, redes de movimentos e plataformas de articulações para um momento de reflexão, debate e discussão coletiva frente à crise política, econômica e social que vive o País, seus impactos para a democracia e os direitos humanos e, principalmente, para indicar qual deve ser o papel da sociedade civil organizada neste contexto.

“É uma oportunidade para a construção de estratégias e agendas comuns que possam nos reposicionar frente às profundas mudanças que estão ocorrendo, não só no Brasil, mas na América Latina e no Mundo. Estas mudanças impactam a democracia e os direitos humanos, de forma geral, mas também impactam em nossa própria sobrevivência política. Compreender a gravidade e profundidade das mudanças e seus impactos no médio e longo prazos e, principalmente, construir alternativas comuns de como enfrentar este novo momento, é de extrema importância”, ressalta Mauri Cruz, diretor executiva da Abong.

O evento é uma realização da Abong – Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais com suas associadas Camp, Cese e Cfemea no escopo do Projeto Sociedade Civil Construindo a Resistência Democrática; com a também associada Iser Assessoria no escopo do Projeto Novos Paradigmas: pensar, propor, difundir; e com a Articulação para o Monitoramento dos Direitos Humanos no Brasil.

Como parte da programação, na quinta-feira (17), às 19 horas, acontecerá a Aula Pública “Convergências e controvérsias sobre a construção de uma plataforma das alternativas ao modelo de desenvolvimento brasileiro”. O evento será realizado na FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo).

SERVIÇO

Seminário Nacional “A Agenda das Resistências e as Alternativas para o Brasil: um olhar desde a sociedade civil”
16 a 18 de agosto
Centro de Formação Sagrada Família (Rua Padre Marchetti, 237 – Ipiranga – São Paulo)

Aula Pública “Convergências e controvérsias sobre a construção de uma plataforma das alternativas ao modelo de desenvolvimento brasileiro”
17 de agosto
FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo) – Rua General Jardim, 522 (Auditório)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*